Saúde


Com a chegada da primavera, veja como cultivar o bem-estar


A estação mais florida do ano começou no dia 23 de setembro. É a temporada de flores e plantas mais exuberantes, temperaturas mais altas e aumento das chuvas. Só de pensar na primavera, aliás, muita gente fica mais animada! Além da beleza, a estação amplia a conexão com a natureza, uma necessidade real para 91% dos brasileiros, segundo pesquisa de 2018 feita pelo Ibope Inteligência e a ONG WWF-Brasil. 

Para tirar melhor proveito da energia revigorante da temporada, confira algumas dicas para fazer uma organização da casa e do ambiente de trabalho:

DESAPEGUE!

A chegada da primavera é um bom momento para investir na arrumação e reorganizar a casa e do espaço de trabalho. Além de colocar energia nas plantas e em uma boa faxina, a ideia é também se livrar do que não tem mais sentido. Abra gavetas, armários e despensas e dê adeus ao que estiver sem função. Doe os objetos que já não usa mais para pessoas que possam estar precisando. 

JARDIM EM FLOR 

Na hora de pensar no verde, é bom ter em mente o espaço disponível, para tirar o melhor proveito da energia das plantas. Buquês e arranjos são boas opções para ambientes fechados. Nas varandas e nos terraços, a iluminação natural e a ventilação favorecem plantas fixas e vasos de espécies como kalanchoes e orquídeas. A rotina também faz a diferença! Se você gosta e tem tempo para cuidar das plantas, leguminosas e ervas são boas alternativas. Conte com a ajuda de um especialista para montar o seu cantinho verde! 

VERDE ATÉ NO TRABALHO

A disponibilidade para cuidar de plantas no trabalho tende a ser mais restrita, mas não é impossível! Dê preferência a plantas que não pedem muita atenção, como suculentas e cactos. Espada-de-são-jorge, ciclanto, cróton e palmeira-leque são espécies que retêm bastante água e são ótimas escolhas para salas com ar-condicionado (que tira a umidade do ar).  

Aproveite que a estação das flores já começou e invista na sua relação com a natureza em casa e no escritório! 

Fonte: Estadão Expresso