Uma vida segura sem mosquito

As instituições de saúde já chamam de epidemia os casos de doenças causadas pelo mosquito Aedes Aegypti.

Parecido com um pernilongo, apenas a fêmea causa as picadas. Para sua proliferação é necessário apenas um pouquinho de água parada, suja ou limpa.

Você sabia que a maior parte dos focos do mosquito está nos domicílios?

Algumas dicas ajudam a combater esse mal, confira:

– Deixe a casa arejada, preocupando-se com os cantinhos mais escuros onde eles gostam de ficar;
– Aplique inseticida na parede, caso não tenha alergia ao produto;
– Limpe os vasos das plantas, não deixando a água acumular;
– Use água sanitária na higienização dos cômodos e quintais. Além disso, aplique o cloro na água da piscina com frequência, pois o poder do cloro para eliminar as larvas do mosquito é comprovado cientificamente;
– Conserve calhas e lajes sempre secas;
– Mantenha ralos e vasos sanitários fechados;
– Lave coletores de água de geladeira e ar condicionado e os potes de água dos animais de estimação;
– Guarde baldes, garrafas e vasos de plantas vazios sempre com a boca para baixo;
– Mantenha as lixeiras sempre tampadas e protegidas da chuva;

E não se esqueça: use repelente!

A responsabilidade é de todos. Você já fez a sua parte?