Muito para melhorar

O Brasil não conseguiu cumprir a meta com a ONU de reduzir em 50% o número de acidentes fatais de trânsito na década de 2011 até 2020. Em São Paulo, os números caíram de 12,05 mortes a cada 100 mil habitantes para 6,2 em 2020 para a cada 100 mil habitantes, o que fez o número ficar 0,2 acima do esperado, porém, quando levamos em consideração o estado inteiro, a queda foi de 17,93 mortes a cada 100 mil para 11,2 no mesmo período, bem acima do esperado, uma média de 8,9.

Os números iniciais são positivos, já que muitas vidas foram salvas, mas ainda há muito para melhorar, especialmente pelos impactos da pandemia que fizeram com que muitos ficassem em isolamento social durante todo o ano de 2020. Vamos lembrar algumas dicas básicas de como podemos melhorar ainda mais este cenário?

  • diminuição da velocidade dos veículos nas ruas e estradas, o que garante o aumento da chance de sobrevivência em caso de acidentes;
  • respeito às leis de trânsito;
  • mantenha distância segura;
  • nada de beber e dirigir;
  • nada de usar o celular ao volante;
  • mais respeito pelas vidas ao seu redor;
  • faça manutenção preventiva do veículo;
  • cobrança nas autoridades por maior incentivo a políticas de mobilidade urbana.

Dicas para trânsito mais gentil

Andar na rua para fazer compras, passear, praticar esportes, tanto faz, é uma atividade que, hoje, ganhou um ingrediente extra de preocupação quando pensamos na pandemia do novo coronavírus. Cuidados como distância e uso de máscara, só acrescentaram a uma lista grande de coisas que precisamos fazer quando estamos fora de casa. Seja dirigindo ou andando, estas relações que criamos com o nosso ambiente podem, e devem, ser pautadas por gentileza. Isso é importante lembrar para conseguirmos criar um local mais seguro e menos agressivo.

Por ano, no Brasil, mais de 40 mil pessoas perdem suas vidas por causa de acidentes de trânsito. Esse número representa quantos dos nossos amigos, irmãos, pais e mães não estão mais conosco por causa de fatalidades. Por isso, nossa missão é sempre lembrar que gentileza gera gentileza e que um trânsito mais tranquilo e gentil salva vidas. Vamos então lembrar algumas dicas de como fazer isso?

  • Dê preferência aos outros motoristas quando eles quiserem mudar de faixa
  • Respeite as leis de trânsito
  • Dê preferência aos pedestres nas faixas
  • Evite usar a buzina
  • Não responda a provocações ou xingamentos. Você não sabe o tipo de dificuldade que a pessoa pode estar passando.
  • Respeite os pedestres e ciclistas o tempo todo.
  • Se você é um pedestre e ciclista, use as faixas exclusivas e respeite a sinalização

Estas são apenas algumas dicas, poderíamos listar muitas mais. Lembre-se: com respeito e empatia, tudo ficará melhor para todos nós.

Dia do Motociclista!

Motociclistas do Brasil! Somos mais de 30 milhões de pessoas que usam este tipo de transporte e, para muitos, estilo de vida, no dia a dia. Trabalho ou prazer, não importa. A paixão pelas duas rodas move muitas pessoas diariamente e, por isso, neste dia 27 de julho, temos o Dia do Motociclista, criado em 1984 em homenagem ao falecimento, dez anos antes, neste mesmo dia, de um mecânico importante e querido da Honda. Uma campanha iniciada na concessionária que ele trabalhava em Sorocaba, interior de São Paulo, fez com que, no fim, este marco fosse criado. Com papel importante na criação de um trânsito mais seguro e gentil, devem sempre tomar alguns cuidados na hora de aproveitar a companhia da sua magrela. Por isso, vamos listar, abaixo, algumas dicas importantes:

  • Manutenção completa e constante da sua moto, garantindo o perfeito funcionamento do equipamento.
  • Uso do capacete adequado para a atividade, tipo de moto e no tamanho correto. Sempre afivelado.
  • Seja visto, para tentar evitar fechadas perigosas.
  • Ande devagar, de acordo com o limite da via.
  • Use os indicadores de mudança de direção.
  • Muito cuidado com as ultrapassagens e com alguém que estiver levando na garupa.
  • Antecipe problemas sempre olhando adiante.
  • Cuidado com líquidos na superfície, especialmente óleo e lubrificantes em geral.
  • Cuide com bastante carinho dos seus pneus, afinal, entre você e o chão, você só pode contar com eles.
  • Aprenda a usar os freios. O acionamento dos sistemas dianteiro e traseiro de forma apropriada é fundamental para evitar qualquer susto.

E, claro, para encerrar: nada de álcool ou celular. Combinado?