Dicas para trânsito mais gentil

Andar na rua para fazer compras, passear, praticar esportes, tanto faz, é uma atividade que, hoje, ganhou um ingrediente extra de preocupação quando pensamos na pandemia do novo coronavírus. Cuidados como distância e uso de máscara, só acrescentaram a uma lista grande de coisas que precisamos fazer quando estamos fora de casa. Seja dirigindo ou andando, estas relações que criamos com o nosso ambiente podem, e devem, ser pautadas por gentileza. Isso é importante lembrar para conseguirmos criar um local mais seguro e menos agressivo.

Por ano, no Brasil, mais de 40 mil pessoas perdem suas vidas por causa de acidentes de trânsito. Esse número representa quantos dos nossos amigos, irmãos, pais e mães não estão mais conosco por causa de fatalidades. Por isso, nossa missão é sempre lembrar que gentileza gera gentileza e que um trânsito mais tranquilo e gentil salva vidas. Vamos então lembrar algumas dicas de como fazer isso?

  • Dê preferência aos outros motoristas quando eles quiserem mudar de faixa
  • Respeite as leis de trânsito
  • Dê preferência aos pedestres nas faixas
  • Evite usar a buzina
  • Não responda a provocações ou xingamentos. Você não sabe o tipo de dificuldade que a pessoa pode estar passando.
  • Respeite os pedestres e ciclistas o tempo todo.
  • Se você é um pedestre e ciclista, use as faixas exclusivas e respeite a sinalização

Estas são apenas algumas dicas, poderíamos listar muitas mais. Lembre-se: com respeito e empatia, tudo ficará melhor para todos nós.

Dia do Motociclista!

Motociclistas do Brasil! Somos mais de 30 milhões de pessoas que usam este tipo de transporte e, para muitos, estilo de vida, no dia a dia. Trabalho ou prazer, não importa. A paixão pelas duas rodas move muitas pessoas diariamente e, por isso, neste dia 27 de julho, temos o Dia do Motociclista, criado em 1984 em homenagem ao falecimento, dez anos antes, neste mesmo dia, de um mecânico importante e querido da Honda. Uma campanha iniciada na concessionária que ele trabalhava em Sorocaba, interior de São Paulo, fez com que, no fim, este marco fosse criado. Com papel importante na criação de um trânsito mais seguro e gentil, devem sempre tomar alguns cuidados na hora de aproveitar a companhia da sua magrela. Por isso, vamos listar, abaixo, algumas dicas importantes:

  • Manutenção completa e constante da sua moto, garantindo o perfeito funcionamento do equipamento.
  • Uso do capacete adequado para a atividade, tipo de moto e no tamanho correto. Sempre afivelado.
  • Seja visto, para tentar evitar fechadas perigosas.
  • Ande devagar, de acordo com o limite da via.
  • Use os indicadores de mudança de direção.
  • Muito cuidado com as ultrapassagens e com alguém que estiver levando na garupa.
  • Antecipe problemas sempre olhando adiante.
  • Cuidado com líquidos na superfície, especialmente óleo e lubrificantes em geral.
  • Cuide com bastante carinho dos seus pneus, afinal, entre você e o chão, você só pode contar com eles.
  • Aprenda a usar os freios. O acionamento dos sistemas dianteiro e traseiro de forma apropriada é fundamental para evitar qualquer susto.

E, claro, para encerrar: nada de álcool ou celular. Combinado?

Gentileza no trânsito

No trânsito somos todos pedestres. Quem nunca ouvi essa frase antes? Ela não quer dizer apenas que devemos, enquanto estamos dirigindo, por exemplo, dar a preferência para outros, mas também tratar todos os outros como iguais. O dia a dia corrido, principalmente nas grandes cidades, causa irritação, estresse e, até mesmo, em casos extremos, violência. Este comportamento, que pode chegar até a provocar acidentes sérios com consequências para toda a vida, deve ser combatido. Sabe como? Vamos listar algumas dicas.

  • Gentileza gera gentileza: como sociedade não podemos mudar de imediato, mas como cidadãos sim. Começando em casa, podemos refletir mais sobre como nossas atitudes influenciam a vida de outros, como tratamos as pessoas, seja no trânsito ou fora dele.
  • Velocidade moderada dentro dos limites: um dos erros mais cometidos pelos motoristas é dirigir acima do limite legal de velocidade das vias. Respeite-os. Para sua segurança e dos próximos.
  • No trânsito somos todos iguais: além do mote “preferência é sempre do pedestre”, trabalhe respeitando a situação e segurança de todos. Respeite as leis, permita que as pessoas atravessem as ruas com calma nas faixas indicadas para isso, sinalize suas ações dando seta, espaço e cuidado.
  • Não exploda no trânsito: não estamos sempre em dias bons. Lembre-se disso. Não sabemos o que acontece nas vidas das pessoas ao nosso redor, então não sabemos o que as nossas atitudes podem provocar nos outros. Antes de dirigir, tente se acalmar, e ao volante, não use o seu veículo como uma arma.
  • Álcool e direção = não: parece estranho termos que falar sobre isso todas as vezes que damos dicas de segurança e educação no trânsito, mas o assunto precisa ser, sempre, retomado. Não beba e dirija. Mais importante do que beber, do que sorrir, do que conversar, namorar, seja o que for, é viver.

Com calma, seguindo as leis de trânsito, pensando no próximo, um dia de cada vez, podemos ir mudando o cenário de caos em que vivemos, resultando em um trânsito mais gentil e, por consequência, nossa vida como um todo.