Você Sabia


Você já leu a apólice do seu seguro?


Comprar um novo carro é uma satisfação pessoal para muitos brasileiros. Mas, para o sonho não virar pesadelo, essa compra deve ser sempre acompanhada pela contratação de um seguro.

Em primeiro lugar, é importante saber que, no Brasil, o seguro de automóveis se divide em dois grupos: o DPVAT, seguro obrigatório de danos pessoais, e o seguro facultativo, tradicionalmente conhecido como “seguro de automóvel”, que é contratado pelo dono do veículo em uma empresa seguradora, preferencialmente com o auxílio e a orientação de um corretor de seguros devidamente credenciado.

Ao contratar esse serviço, o segurado recebe a apólice, documento emitido pela seguradora que comprova a proteção do veículo. Nela estão descritos os direitos e as obrigações tanto da seguradora quanto do segurado, bem como todos os dados referentes ao veículo, à empresa que vende o seguro e ao condutor do automóvel. A apólice é a sua garantia e, caso ocorra alteração de qualquer dado descrito no documento, como mudança de endereço, uso do veículo por outro motorista ou falta de estacionamento próprio, o corretor de seguros deve ser informado imediatamente para fazer alteração na apólice e, assim, garantir a validade do seguro contratado.

É importante notar que a apólice, dentre outras coisas, estipula o prêmio, ou seja, o valor pago pelo segurado para ter direito ao seguro em caso de acidente de trânsito, furto ou roubo do veículo, dependendo da cobertura contratada. Além disso, a apólice determina o valor ou o percentual da franquia, que é o valor que você, segurado, precisa pagar em caso de uma batida para a liberação do valor necessário para realizar os reparos na oficina.

A apólice pode, ainda, estipular valores de indenização para danos materiais e/ou corporais de terceiros, caso o motorista seja o responsável pelo dano a outros veículos. Dessa forma, é aconselhável contratar coberturas do tipo RCF (Responsabilidade Civil Facultativa), que é o nome usado quando a apólice prevê o ressarcimento por danos a terceiros.

Por fim, a apólice pode discriminar eventuais serviços agregados não obrigatórios, tais como como assistência 24h e carro de reserva, dentre outros serviços adicionais.

Nunca é demais destacar que o preenchimento correto da apólice é de fundamental importância para você não correr riscos de estar descoberto no momento em que mais precisa. Confira a apólice do seu seguro atual e saiba quais serviços estão contratados e que podem ser acionados em caso de necessidade.