Bicicleta


15 Paradas obrigatórias para ciclistas no Brasil


Anteriormente, compartilhamos com vocês dicas para pedalar com segurança e atento à sua própria movimentação e a de outros veículos e pedestres nas ruas.

Para os apaixonados pela “magrela”, existe um seguro para não deixar sua maior companheira de passeios desprotegida. Ele pode cobrir roubos, acidentes e danos causados a terceiros.

Consulte um corretor de seguros de sua confiança para conhecer as opções de cobertura disponíveis e leia atentamente a apólice do seguro.

E, para você que curte colocar o pé no pedal e já adotou a bike como meio de transporte e alternativa para a prática de exercícios, reunimos aqui 15 dicas de rotas e paradas especiais pelo Brasil. Não deixe de conferir!

Com o pé no pedal:

 

Circuito do Vale Europeu, SC

No norte de Santa Catarina, o Circuito da Região do Vale Europeu foi o primeiro criado especialmente para a prática do cicloturismo. A 30 km de Blumenau, o circuito começa e termina na cidade de Timbó, em um percurso de 300 km, com duração de sete dias. Ao longo da pedalada, o ciclista passa por belas paisagens com áreas de Mata Atlântica, cachoeiras e riachos.

Circuito das Araucárias, SC

Este circuito é repleto de atrativos naturais e possui 250 km de estradas de terra que começam na cidade de São Bento do Sul. Os caminhos estão bem sinalizados e a rota foi dividida em oito trechos, com distâncias que vão de 15 a 60 km. No caminho, é possível apreciar lindas paisagens e referências culturais, principalmente sobre a imigração alemã.

Horto Florestal – Campos do Jordão, SP

A 170 km de São Paulo, no coração da Serra da Mantiqueira, Campos do Jordão é um destino perfeito para dar uma escapada de final de semana e curtir a natureza. O caminho do Horto Florestal possui muitas trilhas para serem percorridas de bicicleta, sozinho ou em grupo. Ao longo do percurso existem cafés onde os ciclistas podem parar para descansar e recarregar as energias.

Estrada Salesópolis – Caraguatatuba, SP

Conhecida como Estrada da Petrobrás, por servir como acesso para veículos de manutenção do oleoduto que liga o porto de São Sebastião a diferentes refinarias, a Salesópolis, em Caraguatatuba, tem 75 km de percurso em chão de terra. O percurso é indicado àqueles que gostam de maiores desafios na pedalada, já que conta com numerosas subidas íngremes em meio a muitas belezas naturais e vegetação abundante. A sugestão aqui é pesquisar bastante sobre o caminho e, se ainda não tem muita experiência na bike, se juntar a grupos e preparar um bom kit com snacks e garrafinha de água.

Parque Nacional do Caparaó, MG

O local é tido como um dos lugares mais belos do país. Para aqueles que curtem longos passeios, o percurso pode ser feito em aproximadamente 12 horas de pedaladas. Mas há a opção de conhecer as belezas do local aos poucos, já que no parque existem áreas de camping. Ali, o que todos os visitantes esperam encontrar é o terceiro ponto mais alto do Brasil: o Pico da Bandeira. Além dele, na unidade de conservação encontram-se cinco dos dez picos mais altos do país e diversos outros atrativos, como mirantes, vales, cachoeiras e piscinas naturais, abertos ao público para visitação durante todo o ano.

Parque Estadual da Serra do Brigadeiro, MG

O local também é considerado uma unidade de conservação na Zona da Mata Mineira e abriga uma grande variedade de espécies vegetais. Para a pedalada, o percurso é composto por estradas de terra. Algumas passam por riachos e plataformas de pedra e outras são mais íngremes, em terreno de pedras soltas ou chão batido. Por isso, os ciclistas devem ficar atentos e estar preparados para um passeio recheado de surpresas, tanto em termos de relevo, como também de belezas naturais!

Estrada Real

Essa é mais uma ótima opção para os cicloturistas, já que envolve montanhas, estradas de terra e paisagens exuberantes na maior rota turística do país. Com mais de 1.600 km, a Estrada Real sai de Diamantina (MG) e chega até Paraty (RJ), passando por cidades históricas e trajetos com diversos níveis de dificuldade.

Parque Nacional da Chapada Diamantina, BA

Para o percurso em bike, é preciso muito treino e disposição por parte do ciclista. Os visitantes podem combinar o esporte com passeios por centenas de cachoeiras, grutas, morros e rios nesta região baiana a 400 km de Salvador, que conta com algumas das paisagens mais bonitas do Brasil.

Costa do Descobrimento, BA

Neste percurso, que vai de Prado a Santa Cruz Cabrália, os ciclistas podem explorar uma natureza diferente, conhecendo praias, vilas e falésias em meio a incríveis paisagens em destinos como Caraíva, Trancoso e Arraial d’Ajuda. A duração do passeio ao longo do belo litoral baiano é de aproximadamente uma semana.

Para chegar pedalando, sentar e relaxar na cidade de São Paulo:

 

Velodrome Bikeshop

No bairro Santa Cecília, o estabelecimento é um misto de loja e café para ciclistas, servindo petiscos e almoços. É possível comprar bikes colecionáveis, peças, roupas, acessórios e arrumar a “magrela” na oficina do local.

Brooklin Bike Café

No Brooklin, o local é um misto de loja e café, serve comidinhas e oferece duchas e serviço de mecânica. O café também organiza passeios, eventos e happy hour com música às sextas-feiras.

Praça Velorama

No bairro Jardim Europa, a praça funciona como um espaço multicultural para ciclistas e simpatizantes, com mesas para quem quer trabalhar ou só descansar e conversar com os amigos. Food trucks e food bikes se espalham pelo local, além de lojas de acessórios para bicicletas, bar, serviço de aluguel de bicicletas elétricas e banheiros. Nos finais de semana, também acontecem festas e eventos.

Praça do Ciclista

Localizada na avenida Paulista, entre as ruas Bela Cintra e Consolação, é mais um ponto de encontro e palco para reuniões, eventos, manifestações e saídas de ciclistas. Nesta parada, os grupos costumam esticar as atividades até a Praça dos Arcos, onde há um bicicletário.

Vento a Favor Ciclo Café

Na Vila Mariana, o espaço reúne mecânica, loja, espaço para coworking, café com salgados e doces veganos e espaços para banho. Além disso, nele acontecem palestras e organização de eventos de ciclismos de longa distância e cicloturismo.

Aro 27 Bike Café

Próximo à estação Pinheiros do metrô, o espaço oferece chuveiro quente, vestiários com armários e toalhas, estacionamento para bike e serviços mecânicos. Além disso, oferece 5% de desconto nas compras dos visitantes que chegam de bicicleta, skate, patins e afins.

Curtiu as dicas? Já conhece algum desses lugares? Conte para a gente e compartilhe com os amigos!

E lembre-se: vai de bike? Vá seguro!