Automóvel


Fique atento aos sinais da suspensão do seu veículo


A função do sistema de suspensão é absorver as imperfeições do piso, sem comprometer o conforto e a estabilidade do veículo. A pavimentação muito ruim e os buracos, no entanto, tendem a comprometer a durabilidade de alguns componentes do conjunto.

Pode ser um rangido, uma puxada na direção ou mesmo pneus com desgaste irregular. A suspensão, a exemplo da maioria dos sistemas dos automóveis, normalmente não costuma guardar para si possíveis problemas. Ela sempre vai encontrar alguma forma de denunciá-los. Saiba identificar os sinais para providenciar o reparo (antes que a situação piore) e conduzir com segurança.

Os sinais da suspensão

Ruídos
O sinal mais comum de que algo não vai bem são os ruídos, que podem ser gerados por folga nas buchas de bandeja e nos terminais.

Desgaste dos Pneus
É preciso ficar atento. Em condições normais os pneus devem manter o desenho da banda de rodagem (a que tem contato com o solo) uniforme ao longo da vida. Caso um lado esteja perdendo mais borracha que o outro, é sinal de que há problema de regulagem de geometria.

Vibrações
Vibrações no volante também indicam que as rodas estão desbalanceadas. Nesse caso, é recomendável fazer a correção antes que a falha atinja outras peças do sistema.

O ideal é verificar o conjunto da suspensão a cada 10 mil ou 15 mil quilômetros rodados.

Não deixe de ficar atento também a outros fenômenos do seu veículo e vá suave nas lombadas! Reduza a velocidade ao passar por esses obstáculos e mantenha o veículo em linha reta na passagem, nunca na diagonal.