Cultura


Você atualiza seus dados no seguro? Saiba a importância


Ter um seguro que cubra bens materiais ou sua saúde, entre outros tipos, é uma decisão acertada de uma pessoa que busca ter tranquilidade em situações desconfortáveis. Você pesquisa a melhor empresa, o melhor plano, aquele que encaixa certinho nas suas necessidades e possibilidades e assina o contrato. Agora está tudo certo, não é? Quase. Existe uma questão muito importante que algumas pessoas, infelizmente, acabam deixando de lado após a aquisição de um seguro: atualização do cadastro.

Ao adquirir um seguro o cliente fecha o contrato que funciona sobre situações definidas e previamente aprovadas. Porém após a assinatura a vida para e se mantém da mesma forma? Claro que não. Por exemplo, ao adquirir um seguro residencial, se você tiver que usar o seguro por qualquer motivo você espera a máxima tranquilidade e agilidade para conseguir rapidamente ser ressarcido, não é? Com o seu contrato desatualizado, a seguradora pode ter problemas para resolver a sua situação da forma mais rápida possível e, em casos extremos, até mesmo ficar impossibilitada de fazê-lo.

Já imaginou fazer o seguro da sua casa que ganhou um novo cômodo equipado para seu prazer, como uma sala de cinema, mas você não avisou a seguradora deste novo cômodo e um incêndio acontece. Você espera ser ressarcido por tudo, certo? Mas sem atualizar a sua apólice, você ficará descoberto, e ainda mais frustrado com tudo o que aconteceu. Então, para termos certeza de receber exatamente o que necessitamos, precisamos manter sempre nosso cadastro e apólice atualizados com a seguradora em caso de qualquer mudança. Certo?

Pode dar trabalho e até custar um pouco mais, porém é melhor estar garantido e coberto do que se arrepender depois.